Wednesday, June 3, 2015

Vendas de banda desenhada para adultos ultrapassam as do mercado infantil

larger_text
"Na Hungria e na República Checa, há poucos leitores de banda desenhada. Por isso, é difícil publicar livros escritos nas nossas línguas mas na República Checa a situação está a melhorar."
As vendas de banda desenhada para adultos ultrapassam as do mercado infantojuvenil. A tendência é constatada pela direção do décimo primeiro festivalde banda desenhada de Budapeste.
“Atualmente, a banda desenhada para adultos é mais importante do ponto de vista comercial do que a banda desenhada para crianças. Hoje em dia, é mais complicado entrar no o mercado infantil”, afirmou Róbert Vass, organizador do festival.
Hoje em dia, o tempo passado por uma criança a ler banda desenhada diminuiu face ao tempo passado à frente dos ecrãs. Apesar da predominância do setor audiovisual, o mercado da banda desenhada diversificou-se. Há livros para todos os gostos.
“Não gosto da banda desenhada japonesa, prefiro a americana e a europeia, porque é mais realista, mais próxima da vida real. Para mim, as histórias europeias e americanas são mais credíveis”, disse uma leitora presente no festival.
O festival de banda desenhada de Budapeste é uma oportunidade para conhecer novos talentos.
“Nesta secção do festival, desenhamos para o público, se as pessoas quiserem claro. Também posso fazer desenhos para mim, mas, gostaria de desenhar para os outros porque já tenho muitos desenhos em casa. Neste caso, desenhei, para uma visitante, uma personagem feminina da minha próxima série”, contou o desenhador húngaro Gábor Molnár.
A desenhadora checa Lucie Lomová sublinha que o interesse pela banda desenhada nos países da Europa de Leste tem aumentado.
“Na Hungria e na República Checa, há poucos leitores de banda desenhada. Por isso, é difícil publicar livros escritos nas nossas línguas mas na República Checa a situação está a melhorar. Há um maior interesse do público”, concluiu Lomová.

No comments: