Monday, May 11, 2015

Qualquer um pode fazer uma história em 

quadrinhos?

Tom, SapoVoador, desenhando
Este é um guest post produzido por Vinicius Martins

Para criar histórias em quadrinhos profissionais, normalmente, demora-se um certo tempo, o aprendizado é longo e exige uma grande dedicação por parte do autor. Muitas crianças e adolescentes que gostam de ler HQs começam na brincadeira a criar suas próprias e, algumas vezes isso, no futuro acaba virando seu trabalho.
 

Mas, será que qualquer um pode criar HQ’s?


A resposta é sim! Contudo, a criação de HQs exige muito esforço e dedicação por parte do autor. Sendo assim, se a pessoa não tiver tanta vontade nunca sairá de sua zona de conforto e, por consequência, não conseguirá se destacar e criar histórias em quadrinho profissionais. É importante saber desenhar e criar histórias. Ou saber ao menos fazer uma etapa da HQ, quando se trabalha em equipe.

Ilustração: Ricardo S. Tayra

Não se importe com o que as pessoas dizem

 
Qualquer profissão que você escolher, sempre vai ter alguém para criticar, ou vai dizer que a profissão não é boa, ou que você não tem talento para realizá-la, ou que não rende muito dinheiro. Experimente analisar, sem se importar com a opinião dos outros, e ver se trabalhar com revistas em quadrinhos é realmente o que você deseja. Se a resposta for sim, parabéns. Agora só falta dedicar-se para que seja reconhecido e, consequentemente, receba por isso. 
 

O que preciso fazer para me tornar um quadrinista?

 
Primeiramente, você deve se fazer uma pergunta: “Criarei tudo sozinho ou trabalharei em uma equipe?”. Se for fazer um trabalho de forma independente, o caminho para se ter sucesso é longo, porém, isso não que dizer que não valha a pena. Vale a pena sim. 

Se for trabalhar em equipe, há duas opções, montar a sua própria equipe com amigos, colegas etc, ou entrar para uma já estabelecida no mercado. Criando a sua própria, o caminho também será longo e exigirá o comprometimento de todos para que consigam sucesso, a única diferença é que não trabalhará sozinho e as tarefas poderão ser bem divididas, desta forma a produção será maior. Conseguir entrar para equipe já formada e estabelecida no mercado terá suas vantagens e desvantagens, mas, no geral é uma boa opção, seus trabalhos serão reconhecidos mais facilmente, as tarefas serão divididas, terá seu salário mensal garantido etc. 
 

Como crio minhas HQs sozinho?

 
Para criar suas próprias HQs sem estar trabalhando em uma empresa e sem a ajuda de ninguém você precisará aprender ou já saber criar roteiros, fazer desenhos, entender bem o funcionamento deste tipo de história etc. É importante também conhecer o uso de onomatopeias e dos balões de histórias em quadrinhos. Cada balão tem uma finalidade diferente, existe o balão de fala, de grito, de cochicho, entre outros.

Para se tornar um quadrinista profissional, o caminho é longo e só os que realmente persistem conseguem. É claro que tem alguns que têm uma maior facilidade para desenhar, criar roteiros etc, porém, isto não quer dizer que quem não tem esta facilidade não possa desenvolvê-la e, assim, conquistar um bom lugar neste mercado de trabalho específico.


Vinicius Martins é o autor deste guest post. Cursa faculdade de Computação Gráfica e é Técnico de Informática. Dono do blog DesenhoDG (sobre artes, desenho, animação, design e afins) e de outros projetos na internet.
Facebook – http://www.facebook.com/DesenhoDG
Twitter – https://twitter.com/doublegraphic

No comments: