Saturday, January 3, 2015

Aplicativos e HQs são usados para auxiliar aprendizado da matemática

Alunos se apresentam para o professor Carloney Alves

Iniciativa é do professor Carloney Alves e de sua turma do 7º período de Pedagogia


Deriky Pereira – estudante de Jornalismo
Imagine usar histórias em quadrinho e aplicativos de famosas animações infantis como Angry Birds, Meu Malvado Favorito e A Era do Gelo e, com isso, aprender a matemática mais facilmente. A princípio, a informação parece estranha, mas a proposta é do professor Carloney Alves, do Centro de Educação (Cedu) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e de seus alunos do 7º período do curso de Pedagogia, que apresentaram as propostas na quarta-feira (22), durante a aula.

O professor explicou a proposta inicial que é trazer à tona o quanto é importante trabalhar com as tecnologias móveis com os alunos do 1º ao 5º anos em aulas de matemática por meio dos aplicativos. “Precisamos conscientizá-los que a disciplina não é nenhum bicho-papão. Então, utilizando metodologias diferenciadas, como oficinas, histórias em quadrinhos e, agora, os aplicativos, a gente também trabalha a questão teórica, que é fundamental”, disse.


Na opinião de Carloney, a forma atual de ensino constrói um bloqueio dos alunos em entender que a matemática não é nenhum monstro. “Pesquisas mostram que professores, ao levar metodologias diferenciadas, isso facilita a aprendizagem. Então, se eu levo um dado, por exemplo, representando um cubo, é mais fácil o aluno se identificar com o conteúdo repassado. São metodologias adequadas para se trabalhar em sala de aula”, defendeu o professor.
Uma das apresentações utilizou a animação Meu Malvado Favorito e trabalhou o lúdico – que as crianças prezam bastante – e propôs levar uma divertida questão matemática em sua aula, fazendo com que isso desperte o interesse dos estudantes. O grupo defende que, a princípio, os alunos não percebem a ligação entre a matemática e a tecnologia, mas quando o professor mostra que é possível, faz com que os estudantes percebam que, além de se divertirem com a ferramenta, podem aprender e muito com ela.


A turma também se apresentou com a adaptação de histórias em quadrinhos, por meio de um desafio do professor, sobre como lecionar uma aula de matemática utilizando as histórias com os estudantes do 1º ao 5º ano. “Assim, refletimos, mais uma vez, sobre as metodologias de ensino em aulas de Matemática. As equipes apresentaram a proposta em forma de banner e as histórias em quadrinhos em forma impressa como um gibi”, revelou Carloney Alves.
http://www.ufal.edu.br/noticias/2014/10/aplicativos-sao-usados-para-auxiliar-aprendizado-da-matematica

No comments: