Wednesday, November 27, 2013


Unicamp anuncia terceira


edição do Aluno-Artista

16/10/2012 - 13:10


  • Livro de HQ produzido na segunda edição do programa
Mariana Campanha Pozatto e Gabriela Fernandes Pellegrino
Cerimônia contou com apresentação musicial
Cerimônia contou com apresentação musicial
Mesa de autoridades
Mesa de autoridades
Livro de HQ produzido na segunda edição do program
Livro de HQ produzido na segunda edição do program










As 15 propostas contempladas pela terceira edição do Programa Aluno-Artista foram anunciadas oficialmente na manhã desta terça-feira (16) pela Unicamp, em cerimônia presidida pelo reitor Fernando Ferreira Costa, realizada na sala do Conselho Universitário (Consu). Os projetos foram selecionados entre aproximadamente 200 inscrições. Na oportunidade, também foi lançado o Catálogo da 2ª Edição do programa, que traz o registro, por meio de fotos e textos (português e inglês), das atividades desenvolvidas. Os objetivos do Aluno-Artista são estimular a produção artística e cultural por parte dos estudantes de graduação e promover apresentações públicas nos campi da Universidade.

Em sua fala, Fernando Costa destacou tanto a qualidade quanto a expansão do programa. De acordo com ele, a proposta inicial era a de identificar alunos voluntários dispostos a fazer apresentações artísticas e culturais diante do Restaurante Universitário. “Com o tempo, porém, a ideia foi ampliada, tanto em razão do envolvimento dos estudantes quanto da qualidade dos projetos concorrentes. Atualmente, o programa já pode ser considerado um sucesso, e não tenho dúvidas de que ele deverá ser ampliado pela Universidade”, avaliou o reitor.
Conforme o pró-reitor de Graduação, Marcelo Knobel, todos os indicadores do Aluno-Artista são positivos. “As respostas que temos obtido, tanto por parte dos participantes quanto do público que assiste às apresentações, têm sido as melhores possíveis”, disse. Ainda segundo ele, a Universidade vai continuar trabalhando para aperfeiçoar e ampliar o programa, bem como para fomentar a geração de produtos derivados dos projetos contemplados. “A gravação das apresentações musicais, por exemplo, podem dar origem a um CD de ótima qualidade”, sugeriu.
A consideração de Knobel foi feita a propósito da entrega aos integrantes da mesa de autoridades de um livro de histórias em quadrinhos intitulado Unicamp a Lápis, elaborado por participantes da segunda edição do programa. A obra retrata as diversas situações vividas cotidianamente por estudantes, professores e funcionários da Unicamp. Segundo o coordenador do Serviço de Apoio aos Estudantes (SAE), Leandro Medrano, cada projeto selecionado pelo Aluno-Artista conta com até dois proponentes, que recebem bolsas no valor de R$ 412, 73 por um período de oito meses.
Além disso, a proposta contemplada também tem direito a um auxílio-execução da ordem de R$ 3 mil. “Esse recurso deve ser usado para custear gastos com a produção do espetáculo artístico ou cultural”, explicou. As modalidades estimuladas pelo programa são: Artes Cênicas (teatro e circo), Artes Corporais (dança), Artes Visuais e Multimeios (gravura, desenho, escultura, fotografias, vídeos etc), Música (clássica, moderna, percussão, canto etc), Diversidade Cultural (oficinas socioculturais e ambientais, organização de debates etc) e Manifestações Literárias (apresentações de poesia, contos, ensaios etc).
Contempladas na modalidade Artes Cênicas, Mariana Campanha Pozatto e Gabriela Fernandes Pellegrino consideraram o Aluno Artista um programa interessante tanto por incentivar a prática artística quanto por permitir a complementação do aprendizado em sala de aula. “Para quem é das Cênicas, atuar e manter o contato com o público é fundamental. Através do programa, nós poderemos levar nosso espetáculo para uma plateia bem mais ampla do que aquela composta por estudantes do nosso curso”, avaliou Mariana. O título da peça a ser produzida por elas é Do Grotesco, Do Horrendo e da Blasfêmia – Os Filhos da Imundície.
Fonte:

No comments: