Monday, November 11, 2013


Projeto HQ: 1942 – O CONFLITO, A Guerra que Vivi

A HQ “1942 – O CONFLITO – A guerra que vivi” tem previsão de lançamento para 2013, contará com quatro capítulos e abordará a participação das Forças Armadas Brasileiras no maior conflito da História. A iniciativa do novo projeto é do Ilustrador e Designer Gráfico pernambucano, Marco Marins, um dos fundadores do grupo PADA (Produtora Artística de Desenhistas Associados) e Arte’D Estúdio. Marins teve passagem na Folha de Pernambuco, Editora de Pernambuco, agências de publicidade e na promoção de eventos.
C O N C  E I T O
O tema Brasil na 2ª Grande Guerra, não foi escolhido por acaso, nem por modismo, nem mesmo para provar ao mundo que brasileiro também sabe matar.
Igualmente como todas as outras nações fazem.
Mas sim para mostrar e relembrar ao nosso povo, que ser brasileiro é ter garra e determinação, na hora em que nosso espírito mais clama por aquilo que consideramos mais valioso!
A nossa liberdade e o respeito pela vida.
Homens e mulheres morreram numa guerra por uma ideologia impostas a eles, porém cada um com seus motivos, sua formas, sua lógicas e sua óptica de ver a situação que vivia.
O intuito dessa obra é de saber a verdade sobre nós brasileiros, saber que a guerra não acabou para o Brasil, quando acabou para resto do mundo.
Essa é uma obra que tem a finalidade de mostrar não só aos brasileiros, mas sim ao ser humano em todas as partes do planeta que não devemos ESQUECER que a guerra é o invento mais tolo já criado pelo homem!

Estrutura do 1ª Edição:

Edição 01: HOMENS, MISSÕES E FÉ
• Dias de Batalha (Visão dos combates dos primeiros pelotões);
• Envolvimento do Brasil na 2ª Grande Guerra
• Sargento Max Wolf – Remédios e Dor
• Brasil e a 2ª Guerra -Cortina de Fumaça
• Um herói dos heróis -A canção da Lourdinha
• Brasil entra na 2ª Guerra – Preparação
 
A HQ “1942 – O CONFLITO – A guerra que vivi”, apresenta-se como um projeto na área literária utilizando dos dotes da 9ª Arte, as Histórias em Quadrinhos, para compor junto de algumas outras já lançadas no mercado brasileiro, como uma grande ferramenta de orientação e reflexão ao assunto, atual mente tão mencionado, a Segunda Grande Guerra Mundial e o envolvimento da nação brasileira nesse conflito.
O projeto vem para incrementar o atual cenário das histórias em quadrinhos no Brasil e principalmente aquelas HQs que objetivam fatos reais, históricos e sociais, apresentando um trabalho de qualidade, não só gráfico, mas também sério.
Sim, Sério! Pois temas como este, o qual tantos homens, mulheres e crianças se viram envolvidos. Morrendo diretamente naquele que foi um dos maiores conflitos da humanidade, ou sofrendo indiretamente com o mesmo, fosse durante ou após seu acontecimento.
O ímpeto de aventurar-se em produzir tal obra, tem a mesma garra e desejo que havia naqueles soldados. Fosse em nossas fronteiras ou além mar, lutavam por uma causa.
Causa essa que muitas vezes era desconhecida por sua grande maioria que combateu, pois os mesmo quando não alistados pelo calor da vingança de verem seus parentes e patrícios mortos pelo regime Nazista e Fascista, eram algumas vezes forçadamente recrutados e assim no final de acordos entre nações, utilizados como moeda, para o cumprimento de uma barganha.
1942 – O Conflito – A guerra que vivi, mostra os acontecimentos utilizando os fatos reais e a ficção, de forma tal, mantém o clima de aventura e a seriedade e respeito à todos aqueles que viveram e morreram naquele conflito.
Mesmo aqueles que após o retorno a pátria mãe, continuaram a viver uma guerra. Fosse essa guerra social, judicial, moral e pessoal dentro de seu país.
Pois ao perceberem que seu maior inimigo não estava apenas escondido no símbolo nazista, mas também naqueles que usaram da ambição em prol de seus objetivos e sacrificaram centenas de vidas brasileiras.
Porém ao decorrer de todo trajeto histórico o presente nos revela que por mais lenta que seja justiça divina, para nosso entendimento, com certeza ela não é falha como as leis dos homens.
Colaborador: Marco Marins, 44 anos, Recife – Pernambuco, nascido em 22/09/1967.
Quadrinhista, Ilustrador e Designer Gráfico, um dos fundadores do grupo PADA – Produtora Artística de Desenhistas Associados.
Pela PADA
Editou a revista Prismarte, realizou o primeiro evento de História em Quadrinhos em Pernambuco, realizado na Biblioteca Pública Presidente Castelo Branco – Recife – PE em Janeiro de 1992, evento com duração de cinco dias, nesse mesmo ano esse mesmo evento foi realizado na Biblioteca Central da UFPE, em Março de 1992 ,também com duração de cinco dias.
Participou de eventos, como, Bienal do Livro e Bienal do Livro Infantil, ambos realizados pela Biblioteca Pública Presidente Castelo Branco.
Coordenou e realizou a Oficina de Quadrinhos, na semana da Criança a convite da Biblioteca Pública Presidente Castelo Branco no ano de 1993
Coordenou e realizou a convite do SESC – Recife o evento da Semana do Livro Infantil, evento ao ar-livre, no Parque da Jaqueira, tendo como participantes Escolas da Rede Pública Municipal de Ensino do Recife no ano de 1994.
Coordenou e realizou Mini-curso de Histórias em Quadrinhos, no primeiro ano do ProJovem em Recife.
Participou do 12 Horas em Quadrinhos pela loja Elemental, também editando a Prismarte Especial – 12Hs em Quadrinhos (vencedores do evento).
Participou do evento em homenagem ao final da trilogia Star War do diretor George Lucas, evento esse realizado pela agência de publicidade Tsimitakis e também editou a Prismarte Especial – Guerra nas Estrelas (com todas as obras  do evento em homenagem a trilogia Star War)
Realizou juntamente com toda a equipe da PADA o evento Melhores da Prismarte, evento esse que homenageava todos os artistas participantes das edições da Prismarte, sendo os mesmos de vários estados do Brasil.
Como Designer Gráfico
Fundou a Ícone-Grafica, Express Embalagens de Papel e Festa Infantil e Publicidade, trabalhou em várias empresas, como:
Stampa Outdoor e Stampa Back-Light, Gráfica e Editora Raiz, SóCartaz, Sócolégios – Gráfica e Editora, MM-Cozinhas e Armários (como designer de móveis e decorador), Casa das Placas, Mídia Arte, Gráfica Amália, MasterPrint, Editora de Pernambuco (Diário Oficcial (Diagramador), Dimensional Ltda (Pisei), Clicheria Blumenau (Ruplast).
Recentemente fundou a Arte’D – Estúdio, estúdio votlado a criação e produção de artes no campo de impressões em Off-Set, Silk, Grandes Formatos, Literários, Propaganda/Publicidade e Multimída.
Cursos Realizados:
Desenho Animado pelo estúdio Felix Fullinear na TV Universitária;
Curso de Desenho de Estrutura – Colégio Ginásio Pernambucano;
CTG – Unibratec;
Autodesk – Recife – 3D – Studio Max_Mannuel Brito
SINAPSE/SAGA – 3D Studio Max
Prestou Serviço para:
EBGE – Guia de catálogos Especiais
Folha de Pernambuco
Aporte (Agência de Publicidade)
Tsimitakis (Agência de Publicidade)
Morya – Recife (Agência de Publicidade)
FILOSOFIA PROFISSIONAL
Como profissional em minha área, tenho a responsabilidade de dar o melhor de minha criatividade, sem abandonar meu ponto de vista.
Levar em todos os meus trabalhos em todos os seguimentos a clareza na comunicação, a disciplina e qualidade seja ela visual ou textual.
Causar polêmica, não é um DOM, mas se faz importante saber que polêmicas só existem quando há controvérsias no entendimento de ambos os lados de quem faz e quem assiste o trabalho dirigido e sendo assim mais importante, achar a solução e não criar o CAOS apenas.

Heróis de guerra socorrenses invadirão o mundo das HQ

Contato: marcomarinshq@gmail.com / marcomarins@walla.com / artedestudio@gmail e kenparker@hotmail.com.br

Fonte:

No comments: