Wednesday, November 27, 2013


Bienal da Caricatura terá mostra individual e coletiva no Ceará

24.11.2013
Vinte cartunistas cearenses participam da edição deste ano, em duas exposições, a partir do dia 29
Menos lúdicos e mais ácidos, cartuns, charges e caricaturas atravessam décadas e mídias mantendo-se eficazes como instrumentos de crítica. No Ceará, 20 artistas foram selecionados para participar, a partir da próxima sexta-feira, dia 29, da Bienal Internacional da Caricatura, que inclui trabalhos nas três vertentes. O estado integra a mostra paralela do evento, sediado no Rio de Janeiro, que inclui outras 30 mostras espalhadas pelo País.

Trabalhos selecionados para a coletiva de artistas cearenses e estrangeiros na Aliança Francesa
Entre os representantes cearenses, estão nomes como Mino, Klevisson Viana, João Belo, Valber Benevides, Geraldo Jesuíno, Luís Carlos Sousa, Fernando Lima, Almeida Leite, Daniel Brandão, J.J. Marreiro e Cival Einstein. Cada artista contribuiu com uma obra que fará parte da exposição "20+7", organizada por Einstein, cartunista que fez a ponte entre o grupo e o festival. Participam ainda, justificando o título, sete artistas estrangeiros, também convidados por Cival, entre eles, o francês Bernard Bouton e o romeno Mihai Ignat. Além da coletiva, o cartunista promove uma individual com suas obras, batizada "Um Einstein na Bienal".

"O projeto da Bienal Internacional é idealizado pelo Luciano Magno, autor do livro ´História da Caricatura Brasileira´. Fui convidado por ele para realizar uma única exposição, individual minha. Mas, devido à importância dos artistas cearenses, resolvemos fazer também uma exposição coletiva", explica Cival, que coordena as duas exposições. A mostra tem apoio do Fórum de Quadrinhos do Ceará e conta com patrocínio da Aliança Francesa, que sedia as duas exposições. A abertura será às 18 horas da sexta-feira, na sede da instituição.

Divulgação

Cival Einstein avalia o Nordeste como uma região expressiva no cenário brasileiro, no que tange a produção de cartuns, de maneira geral. Ele destaca a importância do gênero, com cerca de 180 anos de história no País. "No Ceará, o campo de trabalho ainda é um pouco delicado, mas temos espaço. A popularização da internet foi um fator muito importante nesse cenário. Ela aproxima o cartunista do público", pondera o artista.

Para ele, faltam espaços e iniciativas que coloquem a produção em destaque. "Atualmente, a gente tem algumas escola. A Universidade de Fortaleza tem uma boa escola de artes. Temos o curso de quadrinhos do Daniel Brandão. A caricatura, o cartum, a charge, estão em contato com os quadrinhos. Temos o Fórum de Quadrinhos, os centro culturais. O Ceará é um estado muito rico, em relação a isso. Só precisamos que a produção que fazemos por aqui seja mais vista", reforça.

O convite foi recebido há três meses. Para sua mostra individual, o artista selecionou trabalhos que abrangessem de maneira retrospectiva sua produção, entre charges e caricaturas. "Eu falo de política, do cotidiano, de história. Quando o Sylvester Stallone veio ao Brasil gravar um filme e chamou os brasileiros de macacos, fizemos uma brincadeira com o Rambo, que está na exposição. Falamos também de higiene, ditadura militar. Tem uma sobre a imigração mexicana para os Estados Unidos", ilustra.

Para a coletiva, explica Cival, cada participante enviou até quatro obras, tendo uma delas selecionada. A exposição traça um panorama da atual produção no Estado. "O objetivo é mostrar a cara do Ceará. Somos a terra do riso, mas o riso não é só na boca. Com as mãos, com criatividade, também é possível fazer as pessoas sorrirem. De maneira refletida, lúdica e poética", defende. As exposições permanecem em cartaz por, pelo menos, um mês, mas ainda não tem data definida para o encerramento. (FM)

Mais informações:
Mostra paralela da Bienal Internacional da Caricatura. Abertura dia 29 de novembro, às 18 horas, na Aliança Francesa (Rua Catão Mamede, 900 - Aldeota). Informações: (85) 3048-9150 

Fonte:
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1341678

No comments: