Thursday, June 27, 2013

Superman cai nas graças do povo!

junho 26th, 2013 | Posted by King in DC Comics | Games | Quadrinhos | Resenha Enxuta
Banner Injustice - Gods Among Us 24
Mas não é o Cavillzaço. E sim o Superman Petkovic. Como e porquê? Clica aê e confira a Resenha Enxuta – Injustice: Gods Amongs Us #24
Pois bem, caros Enxutos, para quem não sabe, ou não se importa, o BdE vem acompanhando semanalmente esta hq prelúdio do game Injustice: Gods Among Us. Basicamente mostra a trajetória do Superman transformando-se em um líder totalitário do planeta. Para mais detalhes veja aqui as edições anteriores e umaanálise quelônia do jogo propriamente dito aqui, além dos spoilers de como termina a história no jogo (aqui). Resumão da última edição: Kalibak e as forças de Apokolips invadem a Terra, mas encontram um Superman diferente. Apesar disto, o vilão faz um ataque maciço ao planeta, levando Kal-El ao limite. Só que desta vez, as coisas não serão como antes…
Injustice - Gods Among Us (2013-) 024-000
E como habitual, vamonos aos spoilers. A invasão continua. Ao redor do globo, as cidades mais populosas estão sob forte ataque. Moscou, Shangai, Mumbai e Gotham presenciam heróis lutando bravamente, mas seus esforços vão se mostrando em vão. Os aliados de Superman especulam sobre a “Liga do Batman” também estar sobrecarregada e, aos poucos, as forças da Terra começam a ser subjugadas…
bucha
Em Paris, Superman volta suas atenções para Kalibak, logo após dizimar inúmeras criaturas do exército de Apokolips. Temeroso, Kalibak confessa não imaginar que Kent seria capaz de fazer o que fez e capitula. Entretanto, desta vez, Superman não irá somente prendê-lo…
Injustice - Gods Among Us (2013-) 024-005
Ordena que o vilão o ataque e este desfere um poderoso golpe. E isto apenas faz apenas sair um pouco de sangue no canto da boca do Superman.
pet
E começa: ‘você pensa que virá à Terra, matar pessoas inocentes e não responder por seus crimes?’. Kalibak tenta lembrá-lo de Darkside, mas Kent simplesmente diz que o ‘papai’ não está ali para defendê-lo. Novamente tenta socar Superman, mas desta vez é impedido.
opa
Super alega que não deixará mais criaturas como Kalibak viver. O vilão alega ser um Deus e não pode ser morto por ser imortal. Kent apenas diz que não se importa, enquanto bate com todas as suas forças nas fuças do vilão.
Injustice - Gods Among Us (2013-) 024-009
Corta a cena e estamos em Mumbai, onde o Flash tenta salvar mais um inocente quando Superman, com as mãos sujas de sangue, aparece em sua frente. Pelo que é descrito, ambos estão em super velocidade, aparentando que o resto do mundo está congelado no tempo.
papo
Kent confessa que Kalibak falou algo com ele que fez sentido. Sempre deixou os vilões sobreviverem, em detrimento de milhares de mortes de inocentes. Apesar de Flash contra argumentar, Super está convicto que o vilão estava certo de alguma forma, mesmo sob um ponto de vista deturbado. Alega que não pode responder com tapas de luva uma invasão daquela natureza. A cada momento que tentam incapacitá-los, mais um inocente é assassinado. Barry entende o que Super quer: um aval para poder matar as criaturas. Flash é relutante e, a princípio, não concorda.
nao
E vem a pergunta chave. Como o ser que pensa mais rápido no planeta, Flash teria uma outra solução que não fosse esta? A resposta…
sim
Super então parte para a espaço e paira por sobre a Terra. Silêncio. Apenas olha para as mãos e desce em alta velocidade, apenas um borrão em chamas na reentrada. Ao redor do mundo as tropas de Darkseid vão explodindo, um a um.
matador
Em Gotham, Canário e Arqueiro Verde estão em situação difícil, ele sem flechas e ela com alguns ferimentos. O fim está próximo. Ao perceber que nada há o que fazer, os heróis se beijam. Quando estão prestes a serem destroçados pelas criaturas, elas também ‘explodem’…
amor
Em outro lugar na cidade, Batman e Batwoman lutam já sem esperanças. Mas volta a acontecer o mesmo com os vilões. E é assim, cidade por cidade ao redor do mundo. Quando retorna à Paris, uma multidão e Lex Luthor o esperam. E assim termina a edição…
Injustice - Gods Among Us (2013-) 024-021
Começando as análises pelos rabiscos de Mike S. Miller. Sem muito mais a acrescentar aquilo mencionado na última edição. Há alguns problemas com as feições, mas diante do que já foi dito e escrito sobre prazos para estas edições digitais, podemos considerar um trabalho bem razoável. Há pontos negativos, lógico, mas mantêm o mesmo padrão anterior.
E chegamos ao enredo do Tom Taylor. Fora os clichês habituais, a lógica para que o Superman chegue a uma situação limite de matar estes vilões é defensável, sob a ótica da hq. Gostando ou não, é uma situação plenamente factível de ocorrer, fazendo todas as considerações construídas ao longo destas 24 edições. Tudo foi elaborado para se chegar no momento em que não se encontrar outra solução senão a final, matando todos da frota invasora.
Haveria outras opções disponíveis? Possivelmente. Como é um jogo de cartas marcadas e sabemos como termina, fica faltando o passo a mais, onde Kent decide que não há mais esperança para a humanidade e que ele teria que ser um tutor/ditador do mundo, a fim de mantê-lo em paz.
Como uma realidade paralela e um prequel para um jogo cujo história/resultado já conhecemos, está valendo acompanhar. Pena que está se estendendo demais e precisa logo achar o caminho da roça e acabar. Está passando da hora, apesar de ter conseguido recuperar parte do encanto inicial.
Nota 7,5
Fonte:

No comments: