Friday, June 14, 2013

CRIAÇÃO E TÉCNICA: AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO RECURSO METODOLÓGICO PARA O ENSINO DE ARTE

Gustavo Cunha Araújo

Resumo


A presente monografia visa analisar as histórias em quadrinhos inseridas na sala de aula como recurso metodológico para o ensino de arte, por meio de um mini-curso realizado com este tema em uma escola estadual de Uberlândia, Minas Gerais, com uma turma de quinto ano do ensino fundamental, de uma escola estadual da cidade de Uberlândia. O objetivo proposto foi analisar as produções gráficas – HQ’s finais –desenvolvidas durante esse mini-curso, no qual foi necessário o levantamento bibliográfico de autores para que pudessem subsidiar teoricamente o desenvolvimento deste trabalho. Como procedimento metodológico, a pesquisa se caracteriza como qualitativa, com abordagem etnográfica, pois o objeto de estudo colocado nesta investigação se iniciou na sala de aula, em âmbito escolar, no qual os dados coletados foram obtidos nesse ambiente de estudo com o contato direto do pesquisador e os alunos envolvidos no mini-curso. Além de nos instigar a compreender melhor a relação imagem e texto, podendo constituir uma fonte de atrativos para a imaginação da criança durante o seu processo criativo nas aulas de ensino de arte, procuramos neste trabalho dar ênfase a essa expressão artística e meio de comunicação enquanto recurso metodológico para o ensino de arte, verificando não apenas questões de sua estrutura gráfica, mas também ressaltando as que estivessem relacionadas aos vários recursos metodológicos dos quais o professor pode ter em mãos para trabalhar com qualidade em âmbito escolar, tendo como referência, as histórias em quadrinhos enquanto recurso metodológico, ou Arte Seqüencial.

Referências


ABRAHÃO, A. Pedagogia e quadrinhos. In: Shazam. Álvaro de Moya. São Paulo: Coleção Debates/Editora Perspectiva, 1977.
ANSELMO, Zilda Augusta. História em quadrinho. Petrópolis, RJ: Vozes, 1975.
APPOLINÁRIO, Fabio. Metodologia da ciência: filosofia e prática da pesquisa. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2006.
ARAÚJO, Gustavo Cunha. As histórias em quadrinhos na escola: possibilidades de um recurso didático-pedagógico. In: Anais 11ª Reunião Anual de Ciência da Unitri. 2007, Uberlândia: Editora UNITRI, 2007. 1 CD-ROOM.
ARAÚJO, Gustavo Cunha. As histórias em quadrinhos em oficinas na universidade federal de Uberlândia: linguagem e produção. In: Anais IV Semana do Servidor e V Semana Acadêmica da Universidade Federal de Uberlândia. 2008, Uberlândia: EDUFU, 2008. 1 CD-ROOM.
ARAÚJO, Gustavo Cunha; COSTA, Evânio Bezerra; COSTA, Mauricio Alves. As histórias em quadrinhos na educação: possibilidades de um recurso didático-pedagógico. In: Revista A Margem: Revista Eletrônica de Ciências Humanas, Letras e Artes. Universidade Federal de Uberlândia/Pet Letras, Ano 1. V. 2, Jan/Dez. 2008, p. 1-11.
ARNHEIM, Rudolf. Arte e percepção visual: psicologia da visão criadora. São Paulo: Pioneira Edusp, 1980.
BARBOSA, Ana Mae. Arte-educação no Brasil: das origens ao modernismo. São Paulo: 1978.
BARBOSA, Ana Mae. Arte-educação: conflitos/acertos. São Paulo: Max Limonad, 1988.
BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte. São Paulo: Perspectiva, 1991.
CAGNIN, Antônio Luiz. Os quadrinhos. São Paulo: Ática, 1975.
CALAZANS, Flávio Mário de Alcântara. As histórias em quadrinhos no Brasil: teoria e prática. São Paulo: Gráfica e Editora Parma, 1997.
CAMARGO, Luís. Ilustração do livro infantil. Belo Horizonte: Editora Lê, 1998.
CIRNE, Moacy. A explosão criativa dos quadrinhos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1970.
COELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil: teoria, análise e didática. São Paulo: Moderna, 2000, p. 217-220.
COSTA, Evânio Bezerra. A influência da história em quadrinho no desenho infantil utilizando abordagens diferenciadas de H.Q. no ensino de arte. Trabalho de conclusão de curso (Monografia). Universidade Federal de Uberlândia, 2006.
DAUMIER, Honoré. Caricaturas. Tradução de Eloisa Silveira Vieira e Sueli Bueno Silva. Porto Alegre: Editora Paraula, 1995.
DICIONÁRIO DAS ARTES PLÁSTICAS NO BRASIL. Roberto Pontual. Civilização Brasileira, 1969.
ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados. Tradução de Geraldo Gerson de Souza. São Paulo: Perspectiva, 1970.
EISNER, Elliot. Estrutura mágica no ensino de arte. In: Arte-educação: leitura no subsolo. BARBOSA, Ana Mae (org.). São Paulo: Cortez Editora, 1997. p. 77-92.
EISNER, Will. Quadrinhos e arte seqüencial. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
FERRAZ, Maria Heloísa Corrêa de Toledo e FUSARI, Maria F. de Resende. Metodologia do ensino de arte. São Paulo: Cortez, 1993.
HAAG, Carlos. A nona arte. In: Revista Pesquisa Fapesp. n. º110. abril/2005. p. 86-88.
LOWENFELD, Viktor e BRITTAIN W. Lambert. Desenvolvimento da capacidade criadora. Tradução de Álvaro Cabral. São Paulo: Mestre Jou, 1977.
LUDKE, Menga. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986, p. 11-44.
LUYTEN, Sônia Bibe (org.). Cultura pop japonesa. São Paulo: Hedra, 2005.
MAGALHÃES, Ligia Cademartori. Em defesa dos quadrinhos. In: ZILBERMAN, Regina. A produção cultural da criança. (org.). Porto Alegre: Mercado Aberto, 1990, p. 82-92.
MATTAR, Denise. Traço, humor & Cia. São Paulo: Fundação Armando Alvares Penteado, 2003.
MOYA, Álvaro. Shazam. Coleção Debates. São Paulo: Perspectiva, 1977.
MCCARTHY, David. Arte pop. Tradução de Otacílio Nunes. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.
NEPOMUCENO, Terezinha. Sob a ótica dos quadrinhos: uma proposta textual-discursiva para o gênero tira. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2005. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Lingüística). Instituo de Letras: Universidade Federal de Uberlândia, 2005.
OSINSKI, Dulce Regina Baggio. Arte, história e ensino: uma trajetória. São Paulo: Cortez, 2001.
REY, Sandra. Por uma abordagem metodológica da pesquisa em Artes Visuais. In: BRITES, Bianca; TESSLER, Elida. O meio como ponto zero: metodologia da pesquisa em artes plásticas. Porto Alegre/RS: Editora UFRGS, 2006.
RICHTER, Ivone Mendes. A pluralidade cultural e o ensino de arte. In: CORRÊA, Ayrton Dutra (org.). Ensino de artes: múltiplos olhares. Ijuí/RS: Unijuí, 2004, p.141-173.
RIZZI, Maria Christina de Sousa. Caminhos Metodológicos. In: BARBOSA, Ana Mae (org.). Inquietações e mudanças no ensino da arte. São Paulo: Cortez, 2002, p. 63-70.
ROSSI, Maria Helena Wagner. Imagens que falam: leitura da arte na escola. Porto Alegre: Mediação, 2003.
SANTOS, Roberto Elísio. Aplicações das histórias em quadrinhos. In: Artigo Nacional: Comunicação e Educação, São Paulo. set. /dez. 2001, p: 46-51.
SAVIANI, Dermeval. A função docente e a produção do conhecimento. In: Revista Educação e Filosofia: Edufu/Universidade Federal de Uberlândia, 1997, p. 127-140.
SOUSA, Márcia Maria. Leitura de imagens na sala de aula: relações entre saberes, práticas de professores de arte e grupos de estudos. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação: Universidade Federal de Uberlândia, 2006.
VERGUEIRO, Waldomiro. Histórias em quadrinhos. In: Formas e Expressões do Conhecimento: Introdução as Fontes de Informação. Belo Horizonte: Escola de Biblioteconomia da UFMG, 1998, p. 117-149.
VERGUEIRO, Waldomiro (org.). Como usar as histórias em quadrinhos em sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004.
VERGUEIRO, Waldomiro. A pesquisa em quadrinhos no Brasil: a contribuição da universidade. In: LUYTEN, Sônia Bibe. (org.). Cultura pop japonesa. São Paulo: Hedra, 2005. p. 15-25.
WILSON, Brent e WILSON, Marjorie. Uma visão iconoclasta das fontes de imagem nos desenhos de crianças. In: Arte-educação: leitura no subsolo. BARBOSA, Ana Mae (org.). São Paulo: Cortez Editora, 1997. p. 57-75.
ZAMBONI, Silvio. A pesquisa em arte: um paralelo entre arte e ciência. Campinas, SP: Editores Associados, 2006, p. 51-71.
Revistas pesquisadas:
Curso Básico de Mangá. N. 07. São Paulo: Escala, S/D.
Demolidor e Batman, São Paulo: Editora Abril. S/N. Marvel Comics e DC Comics, 1998.
Hulk versus X-Man. Marvel Comics. n. 1. Agosto de 2007.
Os 300 de Esparta. São Paulo: Editora Abril. Dark Horse Comics. S/D.
Samurai X, Nobuhiro Watsuki. São Paulo: JBC, n. 30, 1997.
Spider-man versus Wolverine. Marvel Comics. 1 de fevereiro de 1986.
X-Man: Complexo de Messias. Marvel Comics. n. 1. Dezembro de 2007.
Sites visitados:
>www.arteuniversal.com.br
>www.educ.fc.ul.pt/docentes/opombo/seminario/durer/images
>www.memoriaviva.org.br
>www.universohq.com
>www.omelete.com.br
>http://www.mel.ileel.ufu.br/pet/amargem/amargem2/index.asp
Jornais pesquisados:
Jornal Folha de São Paulo, 6 de Abril de 2009.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN  2236-3165 - Avaliação QUALIS (2013) : Interdisciplinar B5 - Letras/Linguística C - Sociologia C

Fonte:
http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/eventos/article/view/144

No comments: