Thursday, June 13, 2013

As histórias em quadrinhos são procuradas por pessoas de todas as idades


Flávio GodoiDo G1 RO
Comente agora
João Regert é adepto a leitura em quadrinhos para incentivar o filho de 5 anos (Foto: Flávio Godoi/G1)João Regert é adepto a leitura em quadrinhos para
incentivar o filho de 5 anos (Foto: Flávio Godoi/G1)


































Amantes das histórias em quadrinhos, também conhecidas como HQ, de Vilhena(RO), contam com acervo público de pouco mais de 70 títulos na Biblioteca Municipal Monteiro Lobato. Leitores assíduos e colecionadores contam sobre a paixão pelas obras.
Chris Wentz, de 30 anos, afirma que começou a ler mangás (histórias em quadrinhos japoneses) quando criança e logo tomou gosto pelos títulos americanos que rapidamente se tornaram febre mundial, segundo Wentz.
“Quando eu tinha entre 9 e 10 anos um primo meu que morava no Japão começou a enviar exemplares dos mangás e eu fui lendo e achei legal, mas antes meu tio já me emprestava títulos como o de faroeste do Tex, e o medieval Conan, o bárbaro”, lembra Chris, que atualmente se dedica ao X-Men.
Chris Wentz possui mais de 300 exemplares, mas o número poderia ser maior, reclama Chris. “Aqui em Vilhena as sagas não chegam completas”, disse.
João Regert, funcionário público, de 30 anos, conta que prefere as edições impressas para poder acompanhar a leitura com o filho, João Victor, de 5 anos. “Ele gosta de saber o que está acontecendo com os personagens e eu leio pra ele. No momento estamos lendo Batman e Lanterna Verde”, conta o funcionário público.
Chris Wentz além de comprar exemplares baixa da internet. (Foto: Flávio Godoi/G1)Chris Wentz além de comprar exemplares baixa da internet. (Foto: Flávio Godoi/G1)

Pedro Marques, vendedor de uma banca de revistas, explica que as histórias em quadrinhos são procuradas por pessoas de todas as idades.  “Crianças e adolescentes gostam de ler gibis, já os adultos procura por super-heróis como X-Men e Batmam, pois as tramas são mais complexas”, disse Pedro. As revistas são vendidas entre R$ 2 e R$ 10.
De acordo com a coordenação da Biblioteca Municipal Monteiro Lobato, o acervo é pequeno, mas possui edições raras de personagens como Capitão América, Homem-Aranha e Wolverine. Todos os exemplares foram doados e podem ser emprestados.
Para ler mais notícias do G1 Rondônia clique em http://g1.globo.com/ro/rondonia. Siga também o G1 Rondônia no Twitter e por RSS.
Fonte:

No comments: