Friday, May 31, 2013

BRASIL SUL COMIC CON- UM FIASCO!!!

Atualizado: há ± 3 semanas
O Brasil Sul ComicCon na verdade, NÃO aconteceu!! Faltou organização,conhecimento de causa,produção,estrutura..tudo! O curador da exposição,que aconteceria dentro do Fórum Social Mundial, era Leonardo Albuquerque, que a toda hora culpava a Prefeitura de Porto Alegre pela falta de estrutura (isso, já tendo várias reuniões anteriores com a Prefeitura..). Vamos por partes: O EVENTO (?): Chamar de ComicCon um evento que tem 2 mesas e 2 placas de madeiras como expositores, com um caricaturista (Luca Risi) e outro só com um grupo (Quadrante Sul), sem editoras, nem gibiterias, nem cartazes, nem programação visual, nem exposição decente, nem artistas de peso, nem divulgação de mídia, enfim, sem nenhuma estrutura,é uma piada de MUITO mal gosto! Não teve nada de convenção, apenas um encontro de amigos que curtem quadrinhos. HOTEL: Tudo ok, porém, se combinou que haveria “alimentação completa garantida”, ou seja, café da manhã/almoço/jantar. Uma vez que o hotel só oferece café da manhã, a alimentação acabou ficando por minha conta. Eu eFernando Damasio tivemos que procurar um lugar mais em conta pra nos alimentar. CONDUÇÃO: Não tinha condução do hotel para o evento e vice versa. A minha sorte e do Fernando Damasio (desenhista de Rip Regan,powerman,do Excelsior Webcomics) foi o Professor Athos, um dos palestrantes, garantir o táxi de ida. Na volta, como custava barato, eu e Damasio dividíamos a corrida do evento ao hotel. O leonrado sequer apareceu no hotel,só ficando no evento ALIMENTAÇÃO DURANTE EVENTO: Tb não teve. O que aconteceu foi uma “manobra” do curador,Leonardo Albuquerque, para recebermos um cachê como “voluntários”, ao invés de “palestrantes”. Algo inconveniente e vexatório. No dia posterior,nem mesmo os voluntários estavam recebendo. VERNISSAGE: No dia da abertura da exposição, para minha surpresa, não tinha NENHUM banner ou indicação do evento de Quadrinhos dentro ou fora do Fórum Social-Mundial., nada! Descobri por acaso que a parte de Quadrinhos ficava no piso superior,e lá tinha apenas 2 mesas,com 2 placas de madeira com artes afixadas de Luca Risi e do grupo de quadrinistas Quadrante Sul. Uma outra placa, pintada com uma mulher de perfil e com o nome “Brasil Sul ComicCon”, estava a frente. Na parte de artes visuais, no piso inferior, a vernissage acontecia, ao mesmo tempo que se acabava de montar a exposição; algo impensável. Havia água, refrigerantes,vinho e salgado,mas,não havia abridor. DIVULGAÇÃO: Só houve divulgação na semana do evento,coisa que deveria acontecer no mínimo,com 1 mês de antecedência. Tb os modelos que iriam vestidos de personagens de quadrinhos, distribuindo flyers, não foram contratados. PALESTRAS: Uma verdadeira bagunça. Um exemplo, foi que na hora da palestra do Professor Athos, outro grupo de pessoas usaria o espaço. Resultado: quando o professor já tinha começado, teve que interromper sua palestra e esperar. Um verdadeiro desrespeito. Eu estava comprometido com 2 palestras,mas, na programação interna, constava meu nome em outras,sem nem eu ter sido consultado. Não havia público,uma vez que não houve divulgação interna ou nada que indicasse que estava acontecendo uma palestra ali.Apenas amigos que se encontraram pra bater papo sobre HQ. Só cumpri com as 2 que havia combinado. Espero ser pago,como combinado. LANÇAMENTOS: Na minha palestra, haveria lançamento do meu livro “Super-Brazucas- o universo dos super-heróis brasileiros” e da revista indie “Excelsior Quadrinhos”. Bom, antes mesmo do evento,o Leonardo me falou que a Prefeitura não iria comprar exemplares do livro para venda, como havia combinado antes. E somente durante o evento, ele me falou que a Prefeitura não iria fazer a impressão da revista,como combinado antes. Enfim, minha ida á Porto Alegre,só valew por ter podido conhecer o Professor Athos , a Cris Peter, Fernando Damasio, Darlei Nunez e o pessoal do Quadrante Sul. De resto,foi um fiasco!

No comments: