Friday, April 12, 2013


Cosplayers' criam fantasias durante meses e investem alto em torneios

Grupo participa de competição que avalia semelhança com personagens. Evento em Fortaleza realiza torneio de 'cosplayers' e reúne 'otakus'.

 
  • Tamanho da letra
    Diminuir o tamanho da letraAumentar o tamanho da letra
  • Imprimir
    Imprimir
  • Enviar por e-mail
    Enviar por e-mail
  • 0 Comentário
    Comentários














Fãs da cultura japonesa se dedicam por meses e gastam até R$ 1.500 para produzir fantasias e se parecerem com super-heróis japoneses. As fantasias são chamadas por eles de "cosplay", e autores da produção são os cosplayers. Eles participam de torneios nacionais e internacionais com performance de personagens de quadrinhos e desenhos animados (mangá e anime, respectivamente, como chamam os fãs) japoneses. Neste fim de semana, milhares deles se encontram na Super Amostra Nacional de Anime (Sana), em Fortaleza, evento que deve reunir cerca e 40 mil pessoas.

Um dos aficionados e candidato dos concursos de cosplay que compete na Sana é o empresário Lázaro Nunes, de 34 anos. A fantasia que ele veste neste de fim de semana é produzida há um ano e meio e custou R$ 1.500. "Eu tento fazer os cosplays mais difíceis e mais impactantes. Esse último comecei há um ano e meio e estou sempre aperfeiçoando. No último evento as armas apresentaram alguns defeitos e quebraram", diz Lázaro.

 Em 2013 ele compete como o Rei Bruxo de Angmar, do filme O Senhor dos Anéis, com uma armadura e armas de fibra de vidro, criadas sob medida, que somam 20 quilos. Em 2012, com a mesma fantasia, ele viajou a Recife, onde ganhou um concurso na categoria "desfile", que avalia a semelhança entre o cosplayer e o personagem que o inspirou. A premiação foi uma moto zero quilômetro.

Outro competidor apontado como forte candidato na seletiva regional do World Cosplay Summit (WCS) é Carlos Anner, de 23 anos, que faz par com a namorada na interpretação de personagens do jogo eletrônico japonês Samurai Warrior. "A gente se conheceu em um evento de cosplay. Eu já gostava e ela também daí participamos juntos dos eventos", diz.

Carlos participa da competição na categoria tradicional, em que os competidores devem realizar performances e interpretar os personagens originais. "Nós ensaiamos há uma mês. Escolhemos uma cena do jogo e tentamos ser o mais fiel possível à original", explica.

O vencedor da seletiva regional disputará na categoria nacional, com competidores de todo o Brasil. O título nacional dá direito a disputar o título mundial de cosplay, realizado anualmente no Japão, com despesas paga pelo evento. Em Fortaleza, eles disputam também premiação em dinheiro, de R$ 400 a R$ 700, e os três primeiros colocados recebem troféus.

 Além dos cosplayers, a Sana reúne milhares de otakus - como são chamados os fãs da cultura pop japonesa -, consumidores de quadrinhos, livros, música e jogos eletrônicos. Na 13ª do evento, os participantes poderão assistir a palestras, e oficinas voltadas voltadas para admiradores de desenhos japoneses, das séries de livro e filme O Senhor dos Anéis e Harry Potter, além de eventos afns.

Serviço
Super Amostra Nacional de Anime (Sana), em Fortaleza. Domingo, a partir de 9h, no Centro de Eventos do Ceará, na Avenida Washignton Soares. A entrada custa R$ 22.

Fonte: portal G1.com

No comments: