Friday, November 2, 2012

Elemento da forma: a proporção







personagem


Autor e Coautor(es)

Autor Andréa Senra Coutinho

JUIZ DE FORA - MG COL DE APLICACAO JOAO XXIII

Coautor(es)

Nelson Vieira da Fonseca Faria

Estrutura Curricular

Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema

Ensino Médio Artes Arte Visual: Estruturas morfológicas

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

■Compreender o conceito de proporção na arte.

■Conhecer alguns estudos da proporção humana.

■Fazer a representação do corpo seguindo o esquema da proporção tradicional.

Duração das atividades

03 aulas de 50 minutos Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Não há.

Estratégias e recursos da aula

Comece a aula sobre proporção escrevendo no quadro a semântica da palavra no campo da arte, ou seja, proporção é um dos padrões da “beleza” clássica, sendo na arte, a capacidade de relacionar duas ou mais medidas diferentes em um mesmo suporte. As medidas podem ser determinadas pela relação (geométrica) entre a largura e altura num mesmo objeto, ou deste em relação a outro.


composição

A partir deste conceito, utilize dois objetos que se encontram no local da aula (por exemplo: um caderno e uma bolsa) e demonstre visualmente o que é o sentido de proporção na arte. Ou seja, pegue o caderno e chame a atenção para as medidas do caderno, sua altura e seu comprimento. Provoque os alunos a responderem se as medidas são as mesmas, ou se há alguma diferença; se a altura é maior e o comprimento menor, um em relação ao outro. Pergunte se algum aluno saberia desenhar aquele caderno no quadro. Se não aparecer candidato/a, reproduza você mesmo no quadro, através de um desenho esquemático e proporcional a forma do caderno. Pergunte se o grupo acha que está proporcional, ou seja, se o desenho esquemático lembra o formato real do caderno. Se a turma concordar que sim, avance e agora, próximo ao desenho do caderno, faça o esquema da bolsa ou peça para outro/a aluno/a para tentar desenhá-la. Lembrando que o desenho da "bolsa" tem quer estar PROPORCIONAL ao do caderno.


corpo

É preciso manter a proporção entre os dois objetos desenhados no quadro para que o alunado consiga perceber o quanto a proporção na arte permite uma aproximação da representação da realidade, em termos de formas. Provoque mais uma vez o grupo a dizer se o desenho da bolsa está proporcional e se a turma concordar que sim, pergunte se o desenho do caderno mantém com o da bolsa o sentido de proporção.
corpo mulher


Mostre também a imagem abaixo, perguntando se os alunos concordam que os elementos desenhados estão proporcionais entre si e se há algum elemento desproporcional. A resposta precisa ser positiva, pois a composição abaixo está proporcional.




medidas






http://eriales.blogspot.com.br/2007_11_04_archive.html



Estas perguntas forçarão o grupo a analisar as medidas, relacionar a largura com o comprimento de um objeto e deste objeto em relação ao outro. Este primeiro exercício é importante para aprimorar a percepção visual e o senso de proporcionalidade.



Em seguida, provoque o grupo sobre como será a proporção com relação às partes do corpo. É possível que o grupo ache difícil desenhar o corpo humano e ainda mais em proporção clássica. Dessa forma, apresente o texto abaixo e a imagem seguinte.



“No desenho da figura humana, utiliza-se a medida da cabeça como módulo e pode-se dividir em 8 partes iguais, ou seja, a cabeça estabelece uma relação de proporção com tronco e as pernas, logo, o conceito de proporção é o equilíbrio ideal de tamanho entre as partes que compõe um todo. Não basta somente a proporção para se desenhar um corpo humano com realismo, a simetria também é de fundamental importância para que o desenho do corpo humano tenha semelhança entre os lados direito e esquerdo. De um modo geral, o corpo humano não mantém exatamente as mesmas medidas de um lado e do outro; há pequenas diferenças, muitas vezes imperceptíveis quando se olha, mas perceptíveis quando se mede.” http://desenhetudo.blogspot.com.br/p/anatomia-humana-e-animal.html







http://profcassinha.blogspot.com.br/2009/05/corpo-humano.html







Apresente outros estudos (abaixo) para que o grupo entenda que vários autores elaboraram cálculos para proporção do corpo humano. Cole os esquemas de proporção corporal no quadro.








http://forums.tibiabr.com/showthread.php?t=379831







http://tutoriaisdemanga.wordpress.com/2010/06/12/proporcoes/







Se puder utilizar o projetor de imagens, apresente as imagens indicadas ou mesmo utilize internet e assista com o grupo ao vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=y9K8QVdbMhQ




Após essas etapas de conhecimento e estudo sobre o que é proporção e suas possibilidades, passe às tarefas práticas (segunda e terceira atividades):



1.Junte duas folhas de papel pardo, colando-as ou utilize outro papel comprido o bastante para que um dos alunos possa se deitar. Em seguida, outro colega irá desenhar o contorno do primeiro no papel. Ao terminar o contorno, fixe o papel numa altura que todos possam visualizar. Agora peça que outro aluno faça a medida com uma régua da parte que corresponde à cabeça. Ao obter a medida, verifique se o restante do corpo possui sete (7) medidas da cabeça. Esse exercício é uma prática de verificação das medidas indicadas na proporção clássica. Recordando que essa medida serve para o corpo adulto e não de criança, e que as medidas clássicas nem sempre correspondem a determinado biotipo. Essa etapa da aula precisa ser acompanhada por todos. O resultado deste estudo de verificação pode ser fixado no local da aula, servindo como referencial visual para o próximo exercício.

2.A terceira atividade é que cada aluno individualmente, com um papel A4 e lápis grafite, tente reproduzir o esquema corporal com proporcionalidade num suporte bem menor que o natural. Ou seja, os alunos terão que transportar para um papel pequeno as medidas e proporções do corpo, seguindo o esquema das oito (8) cabeças, criando assim um desenho de corpo humano mais aproximado das medidas corporais de um adulto de acordo com cânones estudados.

Ao terminarem o último desenho, sugira que os alunos façam um acabamento no desenho, utilizando lápis de cor e acrescentando elementos como roupas, expressões faciais, acessórios sobre o esquema do corpo. O resultado pode ser fixado num painel dentro ou fora da sala. Surgirão personagens que poderão ser utilizados em aulas de teatro, de quadrinhos ou em produção de textos nas aulas de português. Mostre o exemplo abaixo:







http://www.culturamix.com/cultura/curiosidades/desenhando-o-corpo-humano

Recursos Complementares

Se quiser apresentar slides sobre o tema “proporção”: http://territorios.org/UFES_PA1_corpo.pdf



Sobre proporção áurea: http://profmarcoarte.blogspot.com.br/2011/02/proporcoes-na-arte.html

Avaliação

A avaliação está em torno da participação efetiva dos alunos desde a apresentação do conceito de proporção, até nos dois desenhos, o de escala natural (feito no papel pardo) e o de escala reduzida no papel A4. Avalie se a medida de oito (8) cabeças foi respeitada e se de fato, os alunos conseguiram alcançar a proporção clássica. Avalie também a etapa de criação do “personagem”, quando os alunos acrescentaram ao esquema corporal, roupas, acessórios, etc.

Fonte:
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=40628


No comments: