Wednesday, May 9, 2012

CPS divulga PSS na rede de ensino dos Campos Gerais

por Neomil Macedo


A Comissão Permanente de Seleção (CPS), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) deu inicio a um trabalho de divulgação e conscientização na rede de ensino dos Campos Gerais sobre o Processo Seletivo Seriado (PSS), uma modalidade de ingresso na universidade, a partir do acompanhamento do desempenho do estudante ao longo do ensino médio. O Colégio Estadual Meneleu de Almeida Torres em Ponta Grossa foi uma das instituições que recebeu, mais recentemente, a equipe formada pela coordenadora pedagógica da CPS, professora Aline Emílio, e acadêmicos de Letras.
O professor Ivo Mário Mathias, coordenador geral da CPS, lembra que o PSS foi implantado pela UEPG de forma pioneira no Paraná, em 2000, a partir de experiência da Universidade Brasília (UnB), a primeira instituição do país a adotar tal sistema. Desde sua primeira edição, a cada ano, o concurso registra recordes no número de inscrições de vários pontos do país, “pelo entendimento de que esta é uma forma mais democrática de acesso ao ensino superior, na qual o estudante é avaliado pelos conteúdos apreendidos a cada série do ensino médio e tem o seu desempenho recompensado com a conquista de uma vaga na universidade”. Em 2003, a UEPG registrou o ingresso da primeira turma pelo PSS.
Conforme o professor Ivo Mathias, a experiência acumulada pela UEPG serviu. Inclusive, de base para que as universidades estaduais de Maringá e Londrina também adotassem o sistema seriado como uma das formas de seleção para seus cursos de graduação. “Assim, também outras instituições de vários estados vieram até a UEPG para conhecer e adotar o modelo aqui implantado”, comenta o coordenador CPS, destacando que o PSS proporciona também uma maior integração da educação superior com a educação básica. “Periodicamente promovemos encontros com as entidades representativas das redes pública e privada de ensino, para avaliação e adequações de conteúdos”.
REVISTA EM QUADRINHOS
















A professora Aline Emílio explica que o projeto tem por objetivo a divulgação e conscientização sobre a importância do PSS tem como público alvo alunos das primeiras séries do ensino médio, que estarão iniciando o processo seletivo neste ano. Ela informa que a receptividade nas escolas visitadas tem sido bastante positiva, com elogios à revista em quadrinhos “O que é o PSS?”, criada para explicar o sistema dessa modalidade de seleção. Com 16 páginas, a revista possui as informações necessárias para compreensão PSS, através de linguagem acessível à faixa etária dos alunos de primeira série.
Nesta revista, segundo a professora, o estudante saberá que o PSS se constitui em processo de caráter classificatório, dividido em três fases. A primeira, chamada “Prova de Acompanhamento I”, consta de uma prova escrita em que são avaliados os conhecimentos relativos ao ensino ministrado na primeira série do ensino médio; depois na “Prova de Acompanhamento II”, são avaliados os conhecimentos apreendidos na segunda série; e por último, a “Prova de Acompanhamento III”, que avalia conteúdos da terceira série. Nesta última etapa, o aluno escolhe a graduação que deseja cursar. Para habilitar-se às vagas ofertadas, o candidato precisa ter um desempenho igual ou superior à média da pontuação alcançada pelos candidatos de todos os cursos, nas três etapas de provas. A UEPG disponibiliza 25% das vagas dos cursos de graduação ao PSS.
Fonte:

No comments: