Quadrinista espanhol começa carreira no cinema

Figura totalmente desconhecida no Brasil, o quadrinista espanhol Carlos Vermut vem se destacando no cenário europeu desde que lançou o álbum El banyán rojo, em 2006.
Em 2009, Vermut publicou a HQ Plutón B.R.B. Nero – La Venganza de Mari Pili, baseada na série de TV dirigida pelo cineasta Álex de la Iglesia (A Comunidade, Balada do amor e do ódio).
Pelo jeito esse contato com de la Iglesia deve ter trazido à tona a vontade de fazer cinema ao quadrinista, que montou a produtora Psicosoda Films (referência a um dos seus álbuns) e, em meados de 2010, começou a escrever o roteiro de seu primeiro longa-metragem: Diamond Flash.
Embora tenha pouca experiência com as câmeras, tendo feito apenas alguns curtas, Vermut decidiu entrar de cabeça na sétima arte e também assina a direção, a fotografia e a edição de Diamond Flash, que será lançado oficialmente durante o Abycine – Festival Internacional de Cinema de Albacete.
Para conferir a sinopse e o trailer de Diamond Flash, clique aqui.