Sunday, August 14, 2011

Filme com imigrantes brasileiros no Japão



13/8/2011 3:28,  Por Rui Martins, de Locarno
Reproduçao
O diretor do filmeSaudade com o correspondente do Correio do Brasil.
O título do filme é bem sugestivo – Saudade , e nele podem-se ouvir palavras em português do Brasil, porque o cineasta Katsuya Tomita incluiu no seu roteiro a participação de imigrantes brasileiros, logo depois da recente crise mundial geradora de desempregos. A maioria dos brasileiros nikkeis mostrados no filme já retornaram ao Brasil.
O lugar das filmagens foi a pequena cidade de Kofu, onde Takeshi, personagem do filme, só encontra emprego nos canteiros de obras e conhece imigrantes de diversos países, o que acaba por desenvolver nele uma rejeição dos imigrantes mesmo se são descendentes de japoneses emigrados, no passado ao Brasil.
Vítimas da recessão deflagrada mundialmente pela crise dos subprimes e especulações nos EUA, os imigrantes brasileiros preparam suas malas para retornar ao Brasil depois da frustrada tentativa de fazerem o caminho inverso de seus bisavós.
Katsya Tomita conhece a grande comunidade brasileira, que vivendo fechada num enorme gheto, pode sobreviver mesmo sem saber falar o japonês.
E confirma o absurdo das escolas privadas brasileiras, nas quais os filhos dos imigrantes brasileiros não aprendem o japonês e são, assim duplamente marginalizados, por não poderem se integrar , o que acaba por reforçar a discriminação de que são alvo por parte da fechada sociedade japonesa.
Saudade, um dos últimos filmes exibidos, foi bem acolhido e participa da competição internacional. Katsuya Tomita espera levá-lo a Sao Paulo, mesmo porque o bairro da Liberdade é lembrado no filme.
Rui Martins, de Locarno, convidado pelo Festival.

Fonte:


No comments: