Wednesday, July 13, 2011

Encontro internacional de histórias em quadrinhos acontece em Curitiba





Curitiba sedia de 15 a 17 de julho (sexta, sábado e domingo) a Gibicon n°0 – Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba evento inédito no sul do país. Para estes três dias estão programadas palestras, oficinas, lançamentos de livros, sessões de autógrafos e exposições com a presença de artistas gráficos do Brasil, Argentina, Itália, França e Alemanha. Todas as atividades são gratuitas e acontecerão no Memorial da Curitiba,
Solar do Barão, Sesc Paço da Liberdade, Instituto Goethe, Aliança Francesa, Instituto Cervantes e Joker’s Pub.
Na quinta-feira (14) ocorre o pré Gibicon, no Instituto Goethe, com a abertura da exposição Die Evolution in Bilden (A evolução em imagens), e a presença de Jens Harder, conhecido por sua inovação na linguagem dos quadrinhos e premiado em Angoulême 2010 pelo HQ Alpha. A festa de abertura da Gibicon será na sexta-feira (15), a partir das 21 horas, no Joker’s, onde também será aberta a exposição do desenhista brasileiro Joe Bennett, que fará uma sessão de autógrafos.
Entre os destaques da Gibicon nº0 estão os quadrinistas internacionais Fabio Civitelli, Hervé Bourhis, Lucio Filippucci e Salvador Sanz. Vinte dos principais autores brasileiros estarão presentes, entre eles Lourenço Mutarelli, Fábio Moon e Gabriel Bá. Há também espaço de destaque para Seto – o Samurai de Curitiba, e os quadrinhos curitibanos.
A Gibicon é uma prévia das comemorações dos 30 anos da Gibiteca de Curitiba, que acontecerá em 2012. “Os artistas presentes na edição zero da Gibicon farão uma amostra do que planejamos para o ano que vem. Agora será uma convenção curta que fará de Curitiba a capital mundial dos quadrinhos. Buscamos valorizar os artistas locais ao mesmo tempo que programamos trazer os internacionais, promovendo o intercâmbio profissional e intelectual”, disse o coordenador e curador artístico do evento, José Aguiar.
Nos últimos anos as histórias em quadrinhos têm mostrado cada vez mais sua força como arte e crescido em relevância. Ao reunir artistas de escolas, estilos e idiomas tão diferentes, a Gibicon irá movimentar a área com discussões, aproximar as histórias em quadrinhos do grande público, e fazer com que a cidade abrace de vez sua vocação como polo produtor e difusor dos quadrinhos brasileiros.
Segundo Fabrizio Andriani, que também é curador e coordenador da mostra, a Gibicon nasce para prestigiar os artistas locais, colocando-os no cenário nacional ao mesmo tempo que reúne quadrinistas de outros países. “O Brasil é cada vez mais reconhecido nos quadrinhos. Agencio artistas brasileiros para o mercado europeu e eles são muito valorizados. É um reflexo que há ótimo material humano aqui, mas o que precisa acontecer é que se publiquem mais quadrinhos autorais, que o Brasil volte a ter seus periódicos em quadrinhos como nos anos dourados. Acredito que isso irá em breve acontecer”.
A curadoria da Gibicon fez também parceria com o Festival Internacional de Quadrinhos de Roma - Romics. O diretor do Festival de Roma, Luca Raffaelli, estará em Curitiba para falar do mercado europeu de quadrinhos e, especificamente, dos quadrinhos italianos, junto com Tommaso D’Alessandro, que é agente de quadrinhos e estará olhando portfólios para revelar novos talentos.
Passado - Curitiba sempre teve grandes artistas ligados aos quadrinhos. Tradição que não é recente e que remonta a obra do cartunista Alceu Chichorro (1896-1977), passando pela geração que, entre as décadas de 1970 e 1980, fomentou os quadrinhos eróticos, de terror e ficção cientifica da editora Grafipar e também a criação da Gibiteca de Curitiba, a primeira da América Latina, em 1982. Espaço pioneiro que concentrou pelo menos três gerações de artistas desde a sua criação.
Para o coordenador editorial da Mauricio de Sousa Produções, Sidney Gusman o evento está sendo aguardado e será um marco para os HQ’s no Brasil. “A expectativa pela Gibicon é grande, não apenas pelo ótimo nível dos convidados e da programação, mas por recolocar, em grande estilo, Curitiba no mapa dos eventos de quadrinhos do Brasil. A cidade, que tem uma tradição enorme nesse mercado, merece”.
O professor e pesquisador de história em quadrinhos, Paulo Ramos, disse que o encontro, de qualquer ordem, tem ao menos dois aspectos mais evidentes. “O primeiro é permitir um aprofundamento do tema abordado, por meio das vozes plurais presentes. O segundo é servir de ponto de encontro de pessoas com interesses afins, o que ajuda a viabilizar e estreitar contatos com gente de diferentes partes do país. A Gibicon agrega valores nesses dois sentidos e, possivelmente, num terceiro também: o de por Curitiba no circuito nacional de encontros sobre quadrinhos”.
O escritor, quadrinista e ilustrador carioca André Diniz lembra que Curitiba é um dos quatro principais polos de produção de quadrinhos no país ao lado de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. “Eu mesmo tenho trabalhos em parceria com dois grandes artistas da cidade, que são o José Aguiar e o Antonio Eder. Um evento desse porte na cidade era o que faltava para marcar de vez a posição e a importância de Curitiba no cenário dos quadrinhos nacionais”, afirma.
Exposições – Além das exposições no Instituto Goethe e no Joker’s, o público poderá ver durante a Gibicon trabalhos de diversos artistas de quadrinhos, de diferentes épocas e estilos em outros quatro espaços. No Memorial de Curitiba estarão as exposições TEX e TEX Brasileiro, Quadrinhos Curitibanos e Dream2 (cartazes Animes. No Solar do Barão, Seto – o Samurai de Curitiba, Acervo da Gibiteca e Made for USA. Na Aliança Francesa, Eles Sonham o Mundo. E no Instituto Cervantes, estarão expostos os trabalhos do artista espanhol Ángel Idígora.
A Gibicon é uma realização da Quadrinhofilia Produções Artísticas e Znort Editora, Prefeitura de Curitiba/Fundação Cultural de Curitiba, com patrocínio do Inter Americano, Instituto Goethe, Bonelli Editore, Mythos Editora, Instituto Itália e Joker’s. O evento tem o apoio da Aliança Francesa e Consulado Italiano.
Confira os artistas convidados e a programação da Gibicon n°0 no sitewww.gibicon.com.br.

No comments: