Monday, June 20, 2011

Espetáculo para arquibancadas vazias


Assim era os espetáculos do carnaval no Plano Piloto. Estava marcado para hoje(20), às 15h, no auditório da CLDF, uma audiência pública,solicitada pelo Deputado Raad, travestida de debate com vista a discutir o repasse de verba às escolas de samba do Distrito Federal, a criação da cidade do Samba e o retorno do desfile de carnaval ao Plano Piloto. Da forma sorrateira com que armaram o primeiro palaque, recheado de interesses políticos pessoais, remarcaram o evento,acima citado, para dia 27 de junho de 2011, as 19:30, no auditório da CLDF, horário propício para uma discussão vazia e que só favorece aos interesses de alguns.
Forçar a retirada do carnaval de Ceilândia, é investir em espetáculo para arquibancadas vazias. Montar infraestrutura para o carnaval no Plano Piloto é criar o mausoléu do samba, espaço sem gente e monumento ao nada. É indiscutível, o sucesso da festa de momo, em Ceilândia, nos últimos anos, espetáculo real, e acima de tudo, justificável do ponto de vista da utilização de recursos públicos, o povo se fez presente, de forma inquestionável em todas as suas realizações no Ceilambodromo. A falácia de que a cidade era violenta e não tinha capacidade para abrigar evento de tal monta, foi totalmente superada, não houve ocorrências policiais de destaque, a média de participação da população nos eventos foram de 200 mil pessoas por ano.
Não reconhecer que o evento na cidade de Ceilândia já se encontra justificado e consolidado, faz parte das artimanhas da minoria dos descontentes, que de tempos em tempos mudam a plumagem e partem para o uso de meios escusos. Em Ceilândia há a crença de que o governador Agnelo não apoia essa mal orquestrada ação de desavisados neófitos “carnavalescos”. Se tem conhecimento que os aloprados idealizadores e apoiadores dessa ideia, espúria, que ataca de forma vil a autoestima do ceilandense, se valem de apoio de gente graúda que tem acesso ao mandatário local.
Eles começaram a armação, foram descobertos, mudaram de data e agora querem fazer o evento em horário que não favorece a participação popular. Cidadão, liderança empresariais, deputados, lideranças políticas, lideranças dos movimentos populares e culturais da cidade de Ceilândia este é o momento de mobilizar a sociedade ceilandense para denunciar essa mal intencionada audiência. A casa foi arrumada, segundo manifestação do governador Agnelo. Agora querem plantar uma semente de desconfiança entre governo e sociedade. Ceilândia – DF 20 de junho de 2011

Clemilton Saraiva
 Presidente
Associação Comercial de Ceilândia - ACIC
Experimente Inovação !
Contato 61 3371 2165

No comments: